Image default
Marketing Notícias

E-commerce: conheça os segmentos mais promissores da atualidade

O e-commerce acabou por ser um dos setores beneficiados com a pandemia do novo coronavírus. Estudos indicam que cada vez mais consumidores estão dispostos a comprar qualquer tipo de produto ou serviço pela internet. Mas quais são os segmentos mais promissores da atualidade? Veja na sequência deste post.

Os consumidores não só estão mais em casa como também passaram a ficar mais tempo online. Com isso, não há muitas restrições em termos de segmento. O consumidor atual transita entre as plataformas e está cada vez mais a valorizar a boa experiência.

Portanto, se antes já era comum ter dúvidas na hora se escolher em qual segmento atuar, hoje este questionamento é ainda maior. Afinal, com a pandemia as pessoas precisaram adaptar os seus estilos de vida. Novos hábitos surgiram e o comportamento de compra mudou.

Em janeiro de 2020 os especialistas mencionavam segmentos como alimentos e bebidas, esporte e lazer, casa e decoração, moda e acessórios, e vestuário infantil como promissores para o ano. Agora, levantamentos na área de e-commerce mostram algumas mudanças.

Confira abaixo a lista dos segmentos mais promissores da atualidade para quem pensa em investir num e-commerce ou em expandir os negócios:

1# Supermercados

O setor de alimentação foi um dos poucos que se manteve em funcionamento durante todo o período de confinamento. No entanto, ganham destaque aqueles que investiram noutras plataformas de compra, que não apenas a física. O crescimento das compras online para itens básicos começou na semana do dia 16 de março e se manteve acima da média durante todo o mês.

Sem dúvidas a grande vantagem dos supermercado online é a possibilidade de fazer as compras à distância e recebê-las no mesmo dia. Afinal, se antes os consumidores já procuravam evitar filas e aglomerações, agora, esse é um fator primordial para na hora das compras.

2# Brinquedos

O fechamento das escolas no início da pandemia apanhou muitos pais de surpresa. De uma hora para  a outra, as famílias se viram com os filhos 100% em casa, então foi preciso improvisar. Muitos consumidores resolveram antecipar as compras de presentes e recorreram às lojas virtuais para comprar brinquedos e outras distrações para as crianças.

4# Itens esportivos

Mesmo com os ginásios fechados e com maiores restrições nas atividades ao ar livre, os artigos esportivos estão entre os principais itens comprados durante o período de confinamento. É só dar um giro pelas redes sociais e perceber o quanto as pessoas resolveram ocupar o tempo em casa a treinar o corpo.

Por isso, as lojas deste segmento focaram as suas campanha publicitárias para a prática de esportes e atividades físicas dentro de casa. Quem já estava preparado para vender tapetes de ioga, halteres e outros acessórios pela internet, teve bons resultados..

5# Medicamentos

Pedir medicamentos em casa tornou-se fundamental. Antes mesmo de começar a pandemia, este tipo de negócios já era promissor. Agora, tornou-se essencial. Com a pandemia, o número de pedidos nas farmácias continua acima da média.

7# Jogos online

O setor dos jogos online cresceu expressivamente em março. Assim que as pessoas perceberam que teriam de ficar muito mais tempo em casa, ela também perceberam que afinal, os jogos podem ser uma boa maneira de passar o tempo.

Este mercado também ganhou com os conhecidos “gamers”, que continuaram a consumir não apenas os jogos, mas a fazer as duas compras dentro do próprio ambiente virtual, como atualizações, ferramentas de jogo, entre outros.

8# Delivery

Sem dúvidas este foi um dos setores que mais cresceu com o início da pandemia. Com a impossibilidade de sair de casa, o número de pedidos para entrega aumentou expressivamente logo nos primeiros dias de confinamento e a tendência é que este hábito se mantenha.

Desta forma, as aplicações de entregas fecham a lista dos segmentos do comércio eletrónico que mais cresceram.

Para saber mais novidades sobre o mercado eletrónico, acompanhe as atualizações diárias aqui do EcomNow.

Related posts

Os consumidores aprovaram as campanhas de marketing ligadas à pandemia

admin

O comércio de proximidade cresceu com a pandemia

admin

Pinterest: conheça as novas ferramentas para alcançar mais clientes

admin

Deixe um comentário